quinta-feira, 28 de março de 2013

UM ALTAR A KWAN YIN






Coloque Kuan Yin no centro, e faça a disposição das oferendas de forma circular à Sua frente. São elas:

- Velas – amarela, rosa e azul, pois representam a chama trina do amor divino, sabedoria divina e poder divino. As velas são direcionadas à luz no caminho, na vida.

- Incenso – representa os preceitos e regras que precisam ser conscientizados e seguidos na vida.

- Flores – representam a caridade – para com o próximo e as recebidas do Universo.

- Duas águas – uma pura e outra perfumada (pode-se usar essências ou ervas perfumadas trabalhando a intenção). Após a consagração da águas; a perfumada pode ser usada para aspergir sobre o altar, no ambiente. A água pura para tomar, ou tocar os chacras, visando harmonização.

- Concha – representa os conhecimentos: os adquiridos e os que estão porvir, e a transmissão dos mesmos.

- Fruta – essa oferta é para que se alcance a paz, a luz interior, ou seja, para receber os benefícios da meditação Samadi.

Após montar o altar, faça a consagração.

Recite o mantra: ‘OM BU-LIN”, 21 vezes.

Depois, o mantra: “OM-AH-MI-LI-DEH HUM PEI, 7 vezes, visualizando a energia entrando na água.

Toque um sino ou bata palmas 3 vezes.

Em posição de oração repita o mantra 3 vezes: NAMO TAPEI KUAN YIN PUSA.

Então faça uma oração pessoal à Kuan Yin e eleve as duas águas pedindo que as mesmas ao serem usadas proporcionem limpezas, curas e bênçãos.


Agradeça.
 



Meditação – Kuan Yin está a Sua Frente 

Sente-se numa posição confortável, feche os seus olhos e centre a sua atenção no seu coração.
Diante de você, veja Kuan Yin, brilhando e enviando-lhe raios dourados. Ela está sentada na postura de lótus, segurando o seu jarro e na mão esquerda segurando o seu rosário. Ela sorri com muita compaixão, olhando para você, com muito amor. Neste momento, seu corpo torna-se transparente. Você não enxerga mais a sua forma, mas uma enorme luz a sua frente. Enquanto esta luz vai preenchendo todo o seu coração e todo o seu corpo, você vai entoando 108 vezes o mantra NAMO Y JU KUAN YIN. E, logo, você visualizará uma única luz, a sua e a de Kuan Yin, unidas numa só, dourada, forte e brilhante.
Mantenha esta visualização e diga:

“Ó! Amada Kuan Yin, purifica-me dos venenos da ignorância, raiva e ódio; orgulho espiritual, intelectual e humano; dos desejos – cobiça, avareza e luxúria; da inveja e ciúme; da não-Vontade e do não-Ser, do medo e da dúvida.
Eu Vos peço (faça o seus pedidos pessoais, visualizando exatamente como você deseja ver os seus pedidos realizados.)
Em nome da minha Poderosa Presença Divina EU SOU, eu vos agradeço.”

Logo após, vá retornando devagar, abra os seus olhos e levante-se calmamente.

TEXTO: Extraída do livro "Kuan Yin a Deusa dos Milagres", Ascend Editora.


Nenhum comentário:

Postar um comentário